E aos 40 anos e poucos dias… aconteceu.

13 Set

De iPad na mão e sem me preparar minimamente para o que aí vinha, a minha filha, 9 anos, entrou no quarto onde eu brincava com o irmão e disparou: “Pai, o que é ‘ser virgem’!?“.

Primeiro senti uma quebra de tensão. O sangue a fugir-me do corpo, tonturas, mãos trémulas, garganta seca, a visão cada vez mais turva e a audição a esvair-se ao fundo… enquanto era completamente substituída pelo guincho do “Psycho” a ecoar-me no crânio.

Precisava de ganhar tempo. Precisava de um subterfúgio que me desse uns segundos para pensar na melhor forma de o explicar. “Ser virgem!? Como assim, ser virgem!?” – perguntei eu, depois de pigarrear e recuperar parte da visão no olho esquerdo. “Ser virgem pai, o que significa?” – retorquiu ela.

Nestes nano segundos, procurei uma resposta à altura. A miúda tem nove anos, é esperta, super atenta e se não souber por mim, acabará por ouvir noutro sítio e ficar ainda mais baralhada. Não quero ser um desses pais que foge com o rabo à seringa e não fala abertamente das coisas. Ela precisava sentir que o pai tem as respostas que lhe faltam. Não mais hesitei e esta foi a conversa que se seguiu:

Factos: Então… ser virgem é nascer entre 21 de Agosto e 21 de Setembro. Eu, por exemplo, sou virgem. Virgem é um signo como muitos outros. Mas porquê?
Factos Filha: Aaaah… mas pode-se mudar de signo!?
Factos: Mudar de signo? Como assim?
Factos Filha: É que estou a ver uma série passada numa escola e uma das meninas disse que a outra já não era virgem. Dá para mudar de signo!?
Factos: Epááá, mas que raio andas tu a ver!? Estou farto de te dizer que quero sempre saber o que andas a ver. Isso são parvoíces que não são para a tua idade!
Factos Filha: Mas está no Netflix Kids.
Factos: Ok… mas o Netflix também tem muita porcaria! Dá cá isso e deixa-me escolher outra coisa para veres. Isto é conversa de “Kids” mais velhos. Não tem interesse nenhum. Depois o pai explica-te melhor. BORA COMER UM GELADO!??
Factos Filha: BORAAA!!

E pronto. Acho que foi uma atitude responsável e digna de um pai moderno que quer que os seus filhos estejam sempre esclarecidos sobre tudo na vida. Só tenho pena de ter andado com tantos rodeios e não me ter lembrado do gelado mal ouvi a pergunta.

ipad destruído

Anúncios

Clarifiquemos a minha posição sobre o tema.

12 Set

Imaginem-me no meio da estrada a enfrentar um autocarro da Carris, mãos na cintura, cara de mau, calças justas, casaquinho de brilhantes, com um andar meio estranho e provocatório, enquanto grito: “Eeeh autocarro lindo! Eeeh, eeeh, eeeeeh… autocarro liiiiiindo!“. Imaginem agora que o condutor, assustado e sem perceber porque raio ali estou naquela figura, decide que não vai ser por minha causa que deixará de chegar a horas ao seu destino e acelera, dando cabo de mim numa aparatosa colisão frontal.

Tinham pena de mim? Ou estava mesmo a pedi-las?
Exacto.

forcadoPS: Imagem sacada da net à bruta e com zero direitos para utilização da mesma. Não tenho onde cair morto, por isso nem se desgastem com tentativas de pedir indemnizações ou o raio que parta. Chamem-me nomes, se isso vos fizer sentir melhor.

Madonna, calma com esse instagram. Portugal não vai acabar. Acho eu.

11 Set
Olha Madonna,
Se queres viver aqui e ser “um dos nossos”, tens que te habituar a não estar sempre a falar bem de tudo. Se queres mesmo passar despercebida no meio da malta, tens que começar por não reconhecer o valor das coisas e passar a vida a dizer que lá fora é que é. Mesmo quando for bom demais, já sabes… lá fora é sempre um bocadinho melhor. Estamos entendidos?
É que por tua causa, até eu – que adoro o nosso rectângulo – estou fartinho, mas fartiiiinho de ver fotos de Portugal. Já não nos aguento!
Aaah, e mais uma coisa… cuidado com os putos quando andas lá a cavalgar pela praia da Comporta fora. Podes achar que estás ainda mais segura pelo facto de nunca teres visto um único português a fazer o mesmo (os que andavam ali naquela zona com essa vidinha, tiveram umas chatices e têm andado mais calmos…) mas lembra-te que podes sempre levar com uma avioneta nas trombas. E, parecendo que não, salvar os putos das moscas do Malawi para depois vir metê-los numa praia onde aterram aviões, pode soar a piada de mau gosto.
Vá… e agora vai para a net queixar-te de uma merda qualquer. Aquele post a falar mal da nossa alfandega foi um bom esforço. Mas não chega.

Onde há fumo, há fogo. Onde há fogo, há Verão.

5 Set

Chateia-me esta merda de voltar ao trabalho e ainda haver incêndios activos. Fico com aquela sensação lixada de que as minhas férias já acabaram mas que ainda há malta lá fora a fazer coisas de verão.

Tipo os bombeiros.

40 bem medidos.

3 Set

Quem só me conhece nesta vida virtual, não faz ideia do pincel que é aturar-me. Ou se calhar até faz. Mas não atura. Por isso, jamais perceberão o quão espectacular foi perceber que tanta gente se juntou ontem para celebrar os 40 aqui do menino. Foi épico. Foi de chorar (sim, sou desses que chora de álcoolegria). Foi inesquecível.

Obrigado a todos os que fizeram com que “ontem” fosse possível, em especial à Lady Factos que muito congeminou nas minhas costas e, infelizmente para ela, é quem mais me atura quando resolvo transformar-me em diva. Obrigado!

A imagem está desfocada mas acreditem que “ontem” ficará para sempre bem nítido na minha memória. Ok, há ali momentos entre shots de tequila que se poderão ter perdido. Mas vocês percebem o que quero dizer.

Há quatro dias a pensar nisto…

2 Set

Na manhã do meu aniversário, aconteceu aquilo que deve ser um clássico para todos os aniversariantes com filhos… a invasão de cama para dar os parabéns ao pai!

Não que – ser acordado por eles – não aconteça todos os outros dias, várias vezes até mas, nestes casos, por norma, o presente não é cocó.

Não é cocó mas anda lá perto. (TOU A BRINCAR AMORES DA MINHA VIDA!! SE UM DIA LEREM ISTO, LEMBREM-SE SEMPRE QUE O PAI DIZIA MUITA MERDA QUANDO ERA MAIS NOVO. E PROVAVELMENTE AINDA DIZ. PERDOEM O PAI. AAH… E MERDA NÃO SE DIZ!!). Normalmente é um postal escrito pela mais velha e única que sabe escrever (com alguns erros ortográficos por total desconcentração e porque foi arrancada da frente da tv para fazer aquilo) e devidamente estraga..DESENHADO pelos três. Ou seja, um desenho e mais um monte de riscos.

E foi na dedicatória que eles (ela) me deixaram que fiquei a pensar estes dias todos. Na mensagem subliminar, passivo-agressiva, que estava implícita numa das frases… “Nós amamos-te, adoramos-te e nunca vasmos-te abandonar num lar.

Nove anos. Com nove anos, nalgum dia da sua singela vida, entre brincadeiras e tpc’s, nalgum momento, houve tempo para se dedicar à temática “abandono de pais na velhice”.

Tudo bem que, para já, as coisas parecem estar controladas mas… se já anda a pensar nisso agora que sou eu quem paga os gelados, humm… não sei não.


PS: “Amamos-te” dizem eles. Enfim.

Oficialmente, um senhor!

29 Ago

Não sei se viram o telejornal hoje ou se estiveram atentos às notícias mais importantes do dia mas assinalaram-se, hoje, 40 anos exactos desde o meu nascimento. Isso mesmo… 40 biscas.

Joelhos esfolados do skate, mãos a sangrar dos tralhos na bike, angústia de saber que era dia de reunião de pais e que ia ouvir das boas, coração esmagado de amores da adolescência, interrail, mil outras viagens (que me continuam a parecer poucas), família, três filhos (TRÊS!!!), uma mulher que me atura sabe Deus como, amigos, um blog que tanto gozo me dá (mesmo quando já pouco ou nada escrevo) e muitas… muitas gargalhadas. É do que me consigo lembrar quando tento escrever umas linhas a correr para que ainda apareçam com a data 29.08.2017.

Com tanta pressa, muito fica por dizer. Mas uma coisa é certa… depois dos 40, acho que já não me posso admirar quando os putos dizem “deixa passar o senhor”. Caraças, nalgum momento teremos que ser uns senhores! Ainda que com corpos de sonho, lindos de morrer e com performances sexuais de fazer inveja aos miúdos de 39… uns senhores!

Faltam 5min para acabar este dia. E se tudo correr bem, mais 40 anos para viver disto e muito mais.

Venham eles!!

%d bloggers like this: