Busted!

9 Maio

Fui apanhado pelo “mainovo” a roubar-lhe uma torrada e não estou a conseguir viver com aquele olhar de estupefacção de quem percebe, aos dois anos, que o pai é um desses meliantes que não olha a meios nem a vítimas, na hora de conseguir uma torrada. O descrédito dele a olhar para mim, antes de gritar “raaaaaadas!!!!” e alertar o mais velho para o crime que tinha acabado de presenciar.

Acho que só nos continuamos a dar porque ele sente que vai ser o meu sucessor na nobre arte de amar uma boa torrada. Isso e porque depende de mim para comer e para ir a sítios. No fundo, aceita-me porque não tem outra hipótese.

Para já.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: