Legado

20 Abr

Eu teria uns 5 anos no máximo. Ainda não tinha entrado para a escola mas nunca me esquecerei das palavras do meu pai. Apesar da idade, lembro-me de sentir que tinha chegado a hora de saber alguma coisa. Algo maior que todos nós, algo que vinha dos nossos antepassados e não podia terminar ali.

Estávamos sozinhos. Pegou em mim, sentou-me no ombro e, depois de uns minutos em silêncio, disse:

Estás a ver isto? Vê com calma. Vê o máximo que conseguires. Vês a linha do horizonte lá ao fundo? Pois bem, tudo o que o teu olhar alcança, pertence à nossa família e um dia será teu…

…TOU A GOZAR CRLH!! ACHAS MESMO QUE SIM!?? Somos o quê!?? Alguns Espírito Santo, não!?? Não tarda muito, fazia o discurso do rei leão e tu aí com essa cara de parvo quase a chorar. Granda totó. Bom, o que te queria dizer é que o nosso reino vai até ali àquela rede. Isso mesmo, está já aqui à frente. Melhor que nada. E mesmo assim, se algum dia aparecer um gajo da Câmara a dizer que roubámos 1metro à via pública, só tens é que te fazer de parvo e fingir que não sabes de nada. Entretanto isto arrasta-se nos tribunais e, com sorte, ainda tens que fazer esta conversa aos teus putos”.

Foi o que fiz agora mesmo.

Anúncios

Uma resposta to “Legado”

  1. Rita 30/04/2019 às 12:25 #

    Ahahahah! Muito bom…quase a cair no discurso bonito, ainda bem que li até ao fim, senão ficaria lavada em lágrimas! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: