Raisparta que me apanhou de surpresa.

9 Fev

Factos Filho, já bêbedo de sono, minutos antes de adormecer, perguntou-me: “Pai, gostas de ver o rabo a rir?”.

Não percebi se, do alto dos seus 4 aninhos, estava a querer ter uma conversa mais profunda ou se, simplesmente, queria dicas. Sei é que fiquei meio desorientado e fugi à questão, com o clássico “vá, vá… toca a dormir porque já não são horas de rabos a rir.”.

Se bem que a vida ensinar-lhe-á que qualquer hora, é uma excelente hora para um rabo a rir.

Porra. Não estive bem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: