Até encontrar sítio melhor, pode ficar aqui.

12 Ago

Quando morrer, quero deixar uma proeminente parte do meu corpo aqui. Embalsamada. Imponente no meio dos seus pares. Âncoras que também não deixaram ninguém indiferente à sua passagem e que se enterraram onde foi preciso enterrar em prol de um bem maior.

O meu nariz. Estou a falar do meu nariz.

Isso que vocês pensaram, vai ficar no Panteão. Ao lado da Sophia e da Amália para que, mesmo depois do seu fim, continue a inspirar fados e poemas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: