Mais uma facada, mais um assalto.

19 Fev

Está feito. Uma facada no ombro para resolver contas antigas. No fundo, o mesmo que me aconteceu há 25 anos num salão de jogos do Miratejo, quando um nigga quis uma moeda para jogar Street Fighter e eu não dei. À pala disso, furou-me uma tshirt Maui que adorava (os mais velhos lembrar-se-ão desta marca).

Desta vez não vacilei e dei logo tudo o que me pediram. Se bem que a brincadeira me está a sair muito mais cara que uma tshirt de marca.

Ao contrário do que possam pensar, a CUF da Infante Santo é bem mais “gangsta” que os niggas do Mira.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: