Empresto criança.

21 Dez

(Olá filho, um dia vais saber ler e – com um bocadinho de azar – poderás bater com os olhinhos neste texto e perceber não foi escrito para os teus irmãos… foi mesmo para ti. Quando esse dia chegar, provavelmente, direi que estava a brincar. Que era tudo uma tentativa falhada de ter piada. Mas a verdade, é que são sinceros desabafos de quem anda a cair de sono HÁ DIAS!!! Continuemos…)

É OFICIAL! Já estou em condições de avançar.
O meu terceiro filho, é um bebé de merda.

Principalmente à noite. De dia até é bem querido. Todo redondinho e cheio de sorrisos que só dá vontade de engolir. De engolir… a ele. De engoli-lo, é isso que quero dizer. Não sejam porcos quando se está a falar de um bebé, pelo amor de Deus. Mas pronto, já que falaram nisso… se precisarem de dar uma motivação extra lá em casa e convencer alguém a… coiso… eu mando umas fotos do puto para vos ajudar nessa missão. Mas vai toda pixelizada porque não o quero nesse forrobodó nojento que é a vossa vida.

VOLTEMOS AO QUE INTERESSA…

A verdade é que tenho um bebé com defeito ao nível das noites e o ideal era poder devolvê-lo mas isto dos filhos funciona pior que as encomendas online e agora que tenho, literalmente, o menino nos braços, não há nada que possa fazer. Quer dizer… há. Mas são tudo opções super mal vistas pela sociedade.

No entanto, podia emprestar a casais que estão na dúvida se devem ter filhos ou não. Ficavam com ele umas noites e depois logo me diziam se a ideia de constituir família continuava a ser assim tão bonita. Ajudavam-me e eu ajudava-os tanto que jamais saberiam como me agradecer. Amigos para a vida, era o que era. Uma “win-win situation“, como dizem os estrangeiros e todos os profissionais de marketing que não sabem falar português.

Não me lixem, isto é uma ideia vencedora! Ninguém gasta dinheiro e a curto, médio e longo prazo, toda a gente ganha com a experiência.

Como é pessoal, interessados? É mandar mensagem privada.
E sim… acabo de reparar que estou a traficar uma criança online.

Mas ser pai também é muito isto.

PS: E agora vou para um jantar de natal que deve acabar tarde. Se assim não for, fico no carro a dormir e a fingir que ainda estou no Lux.

Anúncios

Uma resposta to “Empresto criança.”

  1. RR 22/12/2017 às 18:23 #

    Isso anda mal, que dói!
    Nem merece mais comentários.
    Vais ler isto dias mais tarde… vais ficar envergonhado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: