Só queria ser querido mas sim… às vezes mais vale estar calado.

1 Jan

O meu puto mais novo acordou para comer e, quando peguei nele ao colo, aproveitei para lhe desejar “Feliz Ano Novo“.

Gostava que tivessem visto a cara dele a olhar mim. Gostava que tivessem visto aqueles olhinhos que pareciam dizer: “Estás a falar do quê!?? Feliz ANO novo!?? Ano!? Eu tenho 4 meses, eu nem sequer sei o que caralho é um ano! Não quererias dizer ‘Feliz mês novo’!?? Epá, a sério, faz um favor a toda a gente e vai buscar a merda do leite. Mata-me a fome e vamos esquecer que isto aconteceu. Peço-te que o faças sem mais invenções, ok!?? São 4 da manhã e ninguém está com espírito para os teus joguinhos. Vai buscar a merda do leite e não abras mais a boca. ‘Feliz Ano Novo’!?? Foda-se. Quatro meses depois e uma pessoa ainda tem que ouvir cada merda destes gajos…“.

Foi com estes olhinhos que olhou para mim.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: