Posso falar com o responsável?

29 Nov

Há dias que prometo a mim mesmo que vou escrever (sim, disse “a mim mesmo” e sei que não poderia ser “a mim outra coisa qualquer” mas também não estou com paciência para nazizinhos da gramática… por isso calem-se). Até tenho merdas sobre as quais quero dissertar, sendo que algumas até já deixaram de fazer sentido porque se perdeu o timing.

Mas o que também tenho é trabalho a dar com um pau. Merdas para fazer que não acabam e secas descomunais que poderão descambar em stresses enormes, caso não trate delas. E mais problemas, é algo que dispenso. Em cima disso, tenho a merda das contas para pagar e, volto a reforçar, esta merda deste pardieiro insiste em não querer pagar a minha vida de luxos e excessos.

Porquê!? Não faço ideia. Mas seja lá pelo que for, não sei porque raio não posso pertencer ao grupo de pessoas vivem à grande e à portuguesa, à pála dos bitaites que despejam na internet. PORRA! Porque raio não posso ser um dos invejados!?? Não mereço!?? Pelos vistos não.

Mas quero falar com o responsável por esta merda e saber o porquê. E não me venham dizer que o único responsavel sou eu e que sou o “senhor do meu destino”. Não, não sou. E não me venham com mais merdas, porque hoje não estou bom para isso.

Vá… depois quando tiver tempo, tento escrever qualquer coisa de jeito. Pela primeira vez na vida, eu sei.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: