Se esta janela falasse…

29 Out

Hoje foi dia de voltar ao mesmo quarto de sempre, olhar pela janela e ver que os autocolantes “daqueles tempos”… continuam lá.

E o que podemos concluir após uma rápida análise a estas colagens rupestres, sobreviventes de uma adolescência no paleolítico!?

Morey Boogie – Porque ou pouco me engano… ou ainda sou do tempo em que se dizia “uma prancha de morey”, quando se falava de bodyboard. Se não era isto, era algo assim. Alguém me apoia nisto!?

Xcel – Era a marca do saco da minha prancha. Nunca fui brilhante na prática do bodyboard mas andar moreno em Dezembro, acabou por atrair algumas atenções lá na escola. Era fraco no bodyboard mas estava longe de pensar que, Xcel, viria a ser algo no qual sou ainda pior (eu sei que o programa não se escreve assim, seus puristas de merda que não deixam escapar uma…).

Horta2 – Porque as noites de Lagos mereciam uma homenagem, ou duas, bem no meio da minha janela.

Levis – Porque a 16 contos cada par de calças, era bom que me dessem autocolantes para lembrar ao mundo inteiro (e em todo o lado) que eu era desse “fuckable material” que não olhava a custos na hora de estar na moda. Graças a Deus, nunca me deram autocolantes das botas Sendra…

Astro Deck – Já nem sei que marca era esta… mas era lá dos tarecos do bodyboard. E eu era muita forte ao nível do autocolante desportivo, nomeadamente dos desportos náuticos que praticava com uma mestria acima da média. Ok, fiquemos pelo “praticava”.

United Colors of Benetton – Tive zero roupas dessa marca até ao ano passado, quando a minha sogra me ofereceu uma camisola pelo Natal. No entanto, nalgum momento achei que era “trendy” ter essa referência na minha janela.

Rádio Cidade – Nunca ouvi. O que prova a minha falta de critério, no que à “escolha de autocolantes para janelas” diz respeito. Fã de Antena3, já na altura gravava cassetes com o hiphop do Repto do José Mariño (sábados, das 18h às 20h, religiosamente).

HighLevel – Uma marca de alguma merda de windsurf. Desporto que nunca pratiquei. Mas devia ser bem cool ter aquilo ali.

Um sinal a dizer “CUIDADO” – As miúdas que tiveram a sorte de ver o sol nascer ali, sabem bem porque raio era preciso ter cuidado. Um passo em falso e caíam na teia de sedução hipnotizante que sempre me caracterizou. Ok… poucas ou quase nenhumas viram o sol nascer ali. Os meus pais viviam nesta casa e não tinha muitas oportunidades para isso. MAS ATÉ ÀS 18H ENQUANTO NÃO CHEGAVA NINGUÉM… AI MÃE…

E isto é só meia janela. Para a próxima, faço a análise da outra metade.

4 Respostas to “Se esta janela falasse…”

  1. O Biquíni Dourado 01/11/2016 às 19:09 #

    Falta um da Expo’98. Que é o que tenho no meu quarto… Ou tinha, que já está meio sumido graças ao Sol…

    Um beijinho. http://obiquinidourado.blogspot.pt/

  2. Rita 02/11/2016 às 09:22 #

    Sou de 75, já não assim tão nova p colar autocolantes da expo 98. Mas como colar um autocolante da Horta 2 sem ter primeiro o DA Horta (Cartaxo)? Waiting pela parte de cima da janela para ver se dá para eu pedir desculpa.🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: