Aquela fezada extremamente agradável.

10 Out

De tudo o que vos podia contar sobre o que aconteceu ainda há pouco, aqui fica o que realmente interessa…

Polícia: Boa noite, os seus documentos e os da viatura, por favor.

Factos: Ora bem… por sorte, tenho aqui o cartão de cidadão, o multibanco e o cartão do pingo doce. De resto, nem carta, nem documentos do carro, nada. O carro é da minha mulher e, se quer que lhe diga, nunca vi tal papelada.

Polícia: Então desligue e trave o carro, por favor. Não sei se sabe mas o melhor que lhe poderá acontecer é ter que vir apresentar os documentos nos próximos dias e pagar 30€ por causa disso.

Factos: Xiiiiiiiiiiiiiii… A sééério!??? Trinta biscas só porque vim à rua comprar leite para o puto? Mais valia ter ficado quieto. Ou ter vindo a pé.

Polícia: Ok. Desta passa. Vá-se lá embora.

E pimba. Só porque sim. Sem grandes conversas ou choradinhos. Tudo na base do polícia fixe que lá há-de ter achado que eu não era mau gajo. Assim vale a pena. Tivesse eu um pipi e ainda tinha voltado atrás para lhe fazer um agradinho.

Sinto que vai ser uma semana boa.

2 Respostas to “Aquela fezada extremamente agradável.”

  1. Inês Dunas 10/10/2016 às 10:28 #

    Um policia empático que deve ter visto pelas olheiras, o olhar perdido e o look desgrenhado que pai sofre! E pensou: “Coitado está mesmo nas últimas e se chega atrasado a casa por minha causa e o puto está com fome a mulher ainda lhe dá com a lata de leite na cabeça, não sofras mais amigo, vai lá, vai lá e coragem!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: