Preciso de mais um filho. Agora é ligar para casa e explicar esta teoria à minha mulher.

15 Set

Na minha missão de me transformar num Pai Dolores, debrucei-me um pouco sobre o “case-study” mais vencedor que existe hoje em dia no mercado internacional de procriadores de jogadores de futebol. Sua Excelência, Dona Dolores.

Ontem, enquanto via o melhor do mundo marcar mais um golinho, houve quem relembrasse que tudo à sua volta é “o melhor do mundo“. O Real é a melhor equipa do mundo… o Mendes é o melhor empresário do mundo… e até a Dona Dolores surge nesta equação como especialista na criação de “melhores do mundo”. Mas aí… alto e pára o baile!

Então e os outros três? Desses falhanços ninguém fala? Acho mal.

Está tudo focado no Cristianinho mas… e os outros bebés!? O que seria do “Dossier Dolores” se não tivesse ido ao quarto!? Não se aproveitava um, certo!? E que tal reforçar a importância de não ter medo de errar? Que tal dar o exemplo e incentivar os outros a tentar, sem ter medo de falhar. Os maiores empresários do mundo são os primeiros a dizer que não se pode ter medo do fracasso, que é preciso falhar algumas vezes antes de se atingir a glória.

Para chegar ao Cristiano, Dolores tentou três vezes e não desistiu. E é por isso que – por mais que me custe – tenho que estar preparado para o facto de, até agora, os meus três filhos serem apenas a Elma, a Kátia Aveiro e aquele outro com um passado de drogas e que toma conta do museu.

Posso não querer acreditar nisto mas… se quero garantir um museu para alguém tomar conta e uns trocados para a minha reforma, parece que tenho que fazer mais um. Isso mesmo. Pode ser na bancada da cozinha, no chão da sala, na rua, onde for… mas desta vez terei que ir, literalmente, ao quarto.

Agora é ligar para casa e explicar esta teoria à minha mulher.

familia-cristiano-ronaldo

Anúncios

2 Respostas to “Preciso de mais um filho. Agora é ligar para casa e explicar esta teoria à minha mulher.”

  1. Johnny Bravo 15/09/2016 às 14:41 #

    Vê lá é se a tua Lady não te manda directamente para o quarto, sozinho. De castigo, terias que ouvir as músicas da Ronalda, para verificares que nem tudo é bom quando se é mãe do melhor do Mundo e que nem tudo compensa.
    Imagino a cara de Dolores Aveiro quando sua filha diz: “Mamã, anda ouvir a minha nova música. Está muito TOP!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: