Sabiam que temos um baterista português que é o maior lá da rua dele e também de uma banda internacional que muita gente adora? Não!? Pois bem… eu entrevistei-o.

5 Maio

Imaginem que têm a sorte de trabalhar para o vosso clube de eleição. São roupeiros, preparadores físicos, contabilistas, o que vocês quiserem. Mas não são jogadores. Isso seria um sonho. Agora imaginem que um dia, azar dos azares, um dos jogadores fica doente e vocês são a pessoa mais à mão para safar aquilo. Estão a sentir!?? Estão a imaginar o nervoso miudinho, os arrepios na espinha e a alegria de viver esse momento de glória? Estão??

Pois bem… agora imaginem que jogavam tanto que, depois desse jogo, passavam de contabilistas a titulares na frente de ataque de uma equipa que move multidões por esse mundo fora. Parece impossível, não parece?

Mas não é. Principalmente se se chamarem Daniel Cardoso, se crescerem a vida inteira a adorar uma banda britânica chamada Anathema (que eu nunca tinha ouvido falar mas que tem mais de 20 anos, montes de álbuns gravados, digressões pelo mundo inteiro, etc…) e um dia, enquanto trabalhassem para essa mesma banda, alguém vos dissesse: “Não temos baterista para tocar na Tunísia… queres vir tu?“.

E é assim que começa a história de um gajo que eu não sabia que existia mas que afinal é uma mega star da cena “rock-metal-productions on the night-progressive-mixing studios-internacional“… ou lá o que é.

Quis saber onde se pode capitalizar o sucesso dele em “pipis”; se eu poderei sair com ele e beneficiar desse sucesso, ajudando a coordenar a logística dos pipis que não podem ser atendidos naquela noite; se havia histórias do rock com quartos de hotel virados do avesso; groupies; concertos na Índia, na América do Sul, na Europa do Norte; etc, etc, etc…

E digo-vos mais. Eu que sei bem que vocês nunca ouvem o programa, nem tão pouco o podcast (porque são más pessoas e estão a cagar-se para os sonhos dos outros), desta vez recebi uma mensagem sincera que dizia apenas: “Sou suspeito porque já conhecia o gajo mas acho que foi o melhor programa desde que te aceitaram, sabe-se lá como ou porquê, na Super FM“.

Palavras bonitas que não esquecerei.
Agora cliquem e escutem, a minha voz no meio de vós.
Palavra do Senhor. Factos.

PROGRAMA 23

Advertisements

2 Respostas to “Sabiam que temos um baterista português que é o maior lá da rua dele e também de uma banda internacional que muita gente adora? Não!? Pois bem… eu entrevistei-o.”

  1. Jelly Pearl 05/05/2016 às 17:23 #

    É verdade! Não costumo ouvir os podcasts mas depois deste post, fui mesmo! E estou a ouvi-lo neste momento mas não sei se vou ter condições para continuar… Estou no trabalho e não consigo parar de rir! Impecável a entrevista! 😉
    Gostava imenso de ver os Anathema e ir ao vagos Open Air mas infelizmente “não se pode ir a todas”!

    Excelente entrevista! 😀 Parabéns!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: