Para “Insólitos”, marque 6. Ou “dial 6”.

8 Abr

Precisei de resolver um tema com o Hospital da Luz. Depois de tentar as várias formas que tinha ao meu alcance e que me poderiam facilitar o processo (sem sucesso), resolvi cingir-me à minha condição de comum mortal e ligar para lá.

Atentem a este maravilhoso momento de luz e cor. E provincianismo.

Hosp.Luz: Ligou para o Hospital da Luz. Para não sei quantos marque 1. Para não sei quê que mais, marque 2. E por aí fora.

Numa fase inicial, marquei o que achava que deveria marcar. Tempos intermináveis à espera sem que ninguém atendesse. Depois disso, comecei a marcar todos os número, na esperança de que a pessoa que atendesse me passasse para ao serviço certo. Os tempos intermináveis de espera mantiveram-se, fosse qual fosse a opção escolhida.

Depois disso, reparei que havia uma opção “Para atendimento em inglês, marque 6“.

Será que eles atendem mais rápido nesta opção!? Não faz sentido que assim seja mas… será que nesta linha têm algum cuidado especial, por assumirem que são estrangeiros Será? Não acredito.” – Mas tentei.

Hosp.Luz: Hospital da Luz, thank you for calling, blá blá…
Factos: Boa tarde. Não há necessidade de falar em inglês. Eu liguei para esta opção porque estou há horas a tentar falar com alguém e não consigo. Se me puder ajudar, eu gostava que…
Hosp.Luz: Desculpe interrompê-lo mas esta é uma linha prioritária para pessoas que falem inglês mas não se preocupe que vou passar para os meus colegas.

Ok” – Disse eu a achar que me iam passar para alguém. Errado. Mandaram-me de volta para a linha geral, onde voltei a ficar cerca de duzentos anos à espera que alguém atendesse a chamada. Desliguei. Voltei a tentar as opções correctas, como um menino bonito e respeitador. Não atenderam. NUNCA. Voltei a marcar o 6.

Hosp.Luz: Hospital da Luz, thank you for calling, blá blá…
Factos: Antes de avançarmos e porque tenho a certeza que a culpa não é sua, quero apenas avisá-la do ridículo que vai acontecer a seguir. Eu preciso exactamente do que lhe disse há pouco mas, porque preciso mesmo de resolver isto, aqui vai novamente. Mas agora em inglês… Hello!

Felizmente, a pessoa do outro lado da linha percebeu o quão parvo seria continuarmos com aquilo e tudo se resolveu. Em português. A malta que não prestou atenção nas aulas ou, simplesmente, nunca teve oportunidade de aprender, ainda deve estar à espera que alguém os atenda…

6 Respostas to “Para “Insólitos”, marque 6. Ou “dial 6”.”

  1. Maria das Palavras 08/04/2016 às 17:06 #

    Não percebo bem é porque é que quem fala inglês tem prioridade…será que é um dialeto que aleija mais a língua?

  2. JCF 08/04/2016 às 17:27 #

    Portugal no seu melhor. Já somos tão pouco “nacionais” que até o atendimento em inglês já é prioritário! Por acaso não reparaste se há uma opção para mandarim?

  3. Sandra Marques de Paiva 11/04/2016 às 18:05 #

    Incrivel!

  4. Lia 17/04/2016 às 00:52 #

    Por acaso fizeste exactamente aquilo que eu ia sugerir…. Dialogar em ingles! Que ridiculo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: