Isqueiro

13 Out

Quando uma senhora nos pede lume…

Damos-lhe o isqueiro para a mão numa de:
Toma lá que eu não sou teu criado e tenho mais que fazer. Deves pensar que ia perder um segundo da minha vida a fazer um esforço com o polegar, para criar a chama que incendeia o vicio que acabará por te matar. Chula preguiçosa!“.

Ou acendemos nós o isqueiro, obrigando-a a aproximar-se, numa de:
Chega aqui bebé… iiiiisso, mais perto… queres foguinho não é!? Então toma… acende aqui junto à fonte de calor que andas à procura. Queres mais que lume, não é? Queres uma brasa que aqueça os pés já ali no carro, sua ordinarona. Que desculpa tão rasca para andar à procura de homem. O que tu queres sei eu! Sim, o que tu queres! Olha-me nos olhos, assim bem perto, para ficares a saber que eu sei que tu sabes que sei o que queres. Desesperadona!“.

Que fazer!? Não quero passar mensagens erradas.

isqueiro-zippo-água

2 Respostas to “Isqueiro”

  1. Professorinha 13/10/2015 às 20:00 #

    Eu cá sou mais a favor do “Dame fuego!”. É assim pró hardcore, sem desespero e dá um certo poder às gajas… E nos homens desperta o alarme Nereida Gallardo e tornam-se logo muito mais disponíveis e sem grandes julgamentos… Mas pronto, é só uma opinião ;D

  2. Pink Poison 18/10/2015 às 16:31 #

    Dar lume e pronto. O outro pensa o que achar por bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: