Depois da psicanálise, a pornoanálise.

17 Jun

Esta manhã foi dia de contribuir com o meu palavreado de qualidade duvidosa e interesse altamente questionável, no Desblogue d’Elite. E isso significa que ontem, já a altas horas, deitei-me na cama a olhar para o tecto e a pensar: “Mas que raio me passou pela cabeça, quando achei que era o tipo de gajo que assume responsabilidades e me comprometi a enviar um texto por semana para aquela rapaziada!?? E mais… porque raio ainda não me expulsaram eles e me obrigam a viver com o peso das minhas decisões!? Que gente cruel é esta!??“.

Foi depois disto que me ocorreu a possibilidade de falar de algo que ainda não tinha falado aqui. A pornoanálise numa das suas vertentes mais fracturantes. Há outras… mas comecemos por algum lado.

Se acham que isto pode ser tão mau quanto vos está a parecer, parem já e vão ler outra coisa qualquer. Quem sabe, se não é desta que me convidam para sair.

.

Certas e determinadas coisas, nomeadamente diversas #6

Vou directo ao assunto porque, correndo o risco da pornoanálise ser paga aos mesmos custos da psicanálise, poderei não ter dinheiro para chegar ao fim deste meu devaneio. Isso e o facto de estar a escrever este texto de madrugada e sem grande paciência para a nobre arte do enchimento do chouriço. Adiante.

Desde que descobri a pornografia e comecei a dissertar sobre este tema com os meus companheiro de porno-visualização (não necessariamente em simultâneo) que há uma questão que sempre me pareceu pertinente e fracturante. Na hora do sexo oral, que corrente defendem? O Brochismo ou o Minetismo!?? São dos que preferem ver um bom broche, feito como profissionalismo de quem dedicou muito tempo e estudo a esta prática – ou – um senhor minetaço, aplicado com a devoção que apenas um pipi nos merece!?

E que conclusões tirar desta escolha!? O que poderá significar esta vossa preferência!?? Aaah pois é… Questões verdadeiramente importantes e às quais talvez nunca tenham dado a devida atenção.

É certo que estas dúvidas têm surgido mais no seio de discussões masculinas mas, muito importante salientar, opiniões femininas apenas poderão enriquecer esta conversa.

Malta da corrente Brochista, não percebe como é que se pode preferir ver um homem a trabalhar, quando se poderia estar a ver uma dedicada donzela a executar o trabalho dos deuses (com a vantagem de se poder ver a satisfação com que o faz, algo muito valorizado por quem assiste a tal ofício).

Já os do Minetismo questionam: “Podendo estar largos minutos a observar as suaves nuances, as características mais vincadas e todos os tremores de um hospitaleiro pipi, porque raio poderá alguém preferir ficar a olhar para a pila alheia!??“. Não levantará esta preferência, algumas dúvidas sobre as reais orientações desta corrente de porno-pensamento!?

Não, não levanta!!!!! – respondo eu.

Mas… que conclusões retirar destas duas correntes!? Merecerá esta discussão um “Pros&Contras” na televisão pública!? Deverá o Estado investir mais verbas no apoio ao estudo desta temática!? E os caros leitores, o que têm a dizer sobre isto!?

Muito mais haveria para discorrer sobre o assunto mas, relembro-vos, estou a escrever isto de madrugada, já só penso em dormir e, escrever sem inspiração, é um broche que ninguém quer.

desblogue d'elitePS: Cliquem onde der para clicar e vão lá ver o Desblogue. Saltem os meus textos porque se não valem nada aqui, também não é lá que vão passar a ser bons. Tenho a certeza que haverá lá malta que merece a vossa atenção.

.

.

.

Advertisements

10 Respostas to “Depois da psicanálise, a pornoanálise.”

  1. Rusty Ryan 17/06/2015 às 12:32 #

    Factos, sem dúvida um dos melhores post’s que escreveste.
    Sem dúvida, um tema fracturante, como dizes, de interesse e importância dignas de registo.
    E digo mais: naquilo que depender de mim, era o próximo tema do “Prós e Contras” na RTP. Isto só para começar…
    🙂

  2. joaogdc 17/06/2015 às 13:12 #

    Tendo de escolher, prefiro ver o bico, pois o minete faço-o eu. Com gosto. Um minete num filme obriga a ver a cara do homem, já o bico salienta a qualidade da mulher e os pénis são mais impessoais. Posso ver um bico e imaginar que sou eu a recebê-lo. Já olhar para as fuças de outro gajo e imaginar-me a lamber aquela vulva…. Não, não funciona.

  3. PM 17/06/2015 às 16:54 #

    Ela – Just a minute (minete), please?
    Ele – If you broche me!

  4. R.V.G 17/06/2015 às 22:47 #

    Grande temática aqui levantada por esta mente sempre inquieta como é a do nosso factos. Eu sempre preferi a vertente do minete, mas a forma como é filmada a acção não pode ser descurada. A cena para ser eficaz deve sempre ser filmada num plano aberto e a expressão da puta badalhoca com a perna aberta e de preferencia com um salto alto à anos 80 deve ser bem apanhada. Se mascar pastilha de boca aberta ainda é melhor.

    • Factos de Treino 18/06/2015 às 11:01 #

      Compreendo perfeitamente a sua abordagem meu caro R.V.G..
      A expressão de satisfação encomendada à senhora que exibe o seu dom é fundamental para o sucesso de qualquer cena. Aliás, os grandes nomes desta arte foram precisamente as que sempre nos conseguiram fazer acreditar que estavam mesmo a gostar. Ginger, Tracy, Cytheria… não nos passarão ao lado.
      Ainda assim, prefiro vê-las empenhadas em mostrar o que valem. Prefiro ver a dedicação do que a satisfação (que muito valorizo, entenda-se). A satisfação, prefiro manter no plano real.

      Mas agradeço o seu comentário e muito me agradaria se pudéssemos continuar esta conversa sempre pertinente, com a elevação que nos merece.

      Sempre a considerá-lo.

  5. Anónimo 18/06/2015 às 10:29 #

    nem uma palavra sobre buqueques (em potuguês do Brasil?)

  6. Anónimo 18/06/2015 às 16:01 #

    Ja pensou que os seus filhos um dia podem ler estes lindos textos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: