Cristiano, meu petiz… escuta as palavras sábias deste velho ancião.

5 Fev

Cris,

Agora que fizeste trinta anos, devem ser muitas as dúvidas e inseguranças que assolam essa alma jovem e ingénua, de quem não sabe o que o futuro lhe reserva. É normal, basta olhar à volta para encontrar malta da tua idade que está completamente perdida e outros tantos que, apesar de mais velhos, continuam sem saber para onde vão.

Não desesperes.

Sei que neste momento pensas apenas se conseguirás independência para sair de casa da tua mãe, ter o teu próprio espaço num bairro dormitório, onde possas andar nu à vontade e levar as amigas que escolhes aleatoriamente numa noite de copos. Ou amigos. O que interessa aqui é a badalhoquice boa, não importa com quem, desde que não sejas apanhado pela tua mãe. E pelo resto da família que, por necessidade, vive também nessa casa.

E um emprego decente, será que aparecerá!? Da maneira como isto anda, o importante é manteres o teu. Começas a ter uma idade em que é difícil encontrar outra coisa. Anda aí muita malta nova, cheia de cursos e formações, dispostos a trabalhar por tuta e meia. E tu, ainda por cima, desististe da escola cedo. Querias é brincadeira com bolas e agora vê a tua situação…

Das aventuras dos “vintes”, resta-te um puto pequeno pela mão. A mãe deu à sola quando viu que ia acabar a viver aí em casa com a malta toda. Cabra de merda… rebenta-te o coração e desaparece assim. Graças a Deus pela tua mãe! Se não fosse ela a tomar conta do miúdo, sabe-se lá como conseguirias manter o trabalho. E logo com a quantidade de viagens que te obrigam a fazer.

Será que vou conseguir!? Será que algum dia poderei ter as coisas que desejei em criança” – pensas tu.

Eu acho que sim. Aliás, tenho a certeza que sim! Dizem que és poupado e que tens quem te ajude a orientar o que vais conseguindo. No fundo, até tiveste sorte… para um miúdo que só queria futeboladas com os amigos, até arranjaste maneira de ganhar uns cobres. E com os biscates que vais fazendo por fora, também consta que sacas um extra simpático.

Por isso não desesperes. Na verdade, há malta da tua idade que até está pior que tu. Olha, eu já levo sete anos de avanço e, na verdade, além destas barbas sábias e irresistíveis a qualquer mulher… tenho um desafogo financeiro ligeiramente pior que o teu. E não é por isso que não sou feliz.

Vais ver que tudo vai correr bem. Mas não te deixes engordar! Depois dos trinta, é uma merda manter a forma. Eu era assim como tu e, quando dei por mim, parecia o Malato.

Parabéns puto!

cristiano gordocristiano chora

Advertisements

3 Respostas to “Cristiano, meu petiz… escuta as palavras sábias deste velho ancião.”

  1. Sandra Marques de Paiva 05/02/2015 às 15:54 #

    hahahahahahahahaha 😀

  2. Pedro Paiva 05/02/2015 às 18:16 #

    Eu também tenho fé que tudo se vai resolver.

    Pior que a precariedade do trabalho (trabalha uma vez por semana, durante hora e meia – credo) e de ser pai solteiro (apesar da ajuda da família, como referes), é mesmo entrar na casa dos trinta, e tudo o que isso acarreta. Simplesmente devastador.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: