70… isso mesmo, SETENTA!

29 Jan

Em 1945 acabou a segunda guerra mundial. Como se isso não bastasse para fazer desse ano, um grande ano… também nasceu o meu pai.

É certo que se está borrifando para a estupidez que escrevo aqui. Provavelmente, à conta do que vai lendo, até se deve questionar sobre o que raio falhou para que eu acabasse assim.

Tenho a certeza que ainda há pouco, quando nos despedimos depois de jantar e o abracei e beijei como se fosse um bébé velhote, pensou novamente: “…mas como é que este gajo acabou tão parvo!?“.

Não sei pai. Seja como for, ainda tenho uns minutos para assinalar a data neste pardieiro. E setenta anos não se fazem todos os dias…

PARABÉNS! És o maior, sempre foste o maior e já cá andas desde que acabou a guerra!!! Agora falta cumprir o que me disseste hoje… “Setenta já metem respeito mas ainda quero mais trinta“.

Nota hiper importante do autor:
– Factos Sister também faz anos hoje. Mas são 29 e eu não tenho qualquer respeito por pessoas com menos de trinta anos. Todos frescos e cheios de vontade de curtir a vida… irritantezinhos de merda, sempre disponíveis para viajar, sem filhos e cheios de ideias. Para o ano, quando fizer uns redondos trinta, aí sim… aí já terá direito a um texto onde explicarei ao mundo porque raio, no meio de um orfanato inteiro, a escolhi a ela. Parabéns miúda! Também és a maior! Mas não muito.

IMG_1867

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: