Volta e meia aparece um destes. Tão bom!

4 Jul

O Futre tinha um talento. O Gustavo é só ridículo.
Mas ambos têm um enorme jogo de braços.

Factos de Treino

Gosto desta coisa de me citar a mim próprio. É um género de auto-credibilização de quem sabe que não pode ficar à espera que outros o façam. Mas vamos ao que interessa e cliquem aqui para ver o vídeo.

20140704-000217-137328.jpg

Então este vídeo existe e ninguém me dizia nada!?? Então temos entre nós um Mr. Miyagi do aconselhamento sobre “merdas à toa” e não perdíamos um minuto a analisar o “wax on, wax off” da vida!??

Serei o único que não sabia que o Gustavo, além de ser um querido a mudar casas, é um “life coach” (só isto já é tão bom, não é!?) que já vai no seu quinto livro!?

E sou o único a achar que há aqui um caldeirão de influências que vão desde os gestos do gajo que estava no funeral do Mandela, ao “treinador, treina a dor” do Abel Xavier, passando pela musiquinha à Futre enquanto debita um monte de banalidades dignas de um horóscopo para adolescentes inseguras!?

Esperar é a coisa mais ridícula que um ser humano pode fazer“.
Errado Gustavo. Esperar ERA a coisa mais ridícula que um ser humano podia fazer. Era.

Agora está em segundo lugar. Logo atrás deste vídeo.

31 Respostas to “Volta e meia aparece um destes. Tão bom!”

  1. Sui_generis 04/07/2014 às 00:56 #

    Já tinha comentado entre amigos as coreografias do homem…memorável!

  2. Luna 04/07/2014 às 02:08 #

    E de repente veio-me à memória um jantar em que fiquei sentada em frente a esta pessoa… Muito simpático, devo dizer. Mas zero em comum para conseguir ter conversa.

    • Factos de Treino 06/07/2014 às 00:42 #

      Gosto de imaginar o jogo de braços durante o jantar… Garfos a voar e o pessoal sempre em tensão 🙂

  3. Adriana 04/07/2014 às 07:26 #

    realmente o rapaz tem um jogo de braços impressionante tem!!

  4. maria 04/07/2014 às 07:53 #

    Ai adoro! Não tás bem a ver, eu tenho uma amiga q é fixada no gajo. Nem lhe dou hipótese, é tão conversa da treta q até mete nojo

  5. Sol de Dezembro 04/07/2014 às 08:59 #

    Obrigada por me fazeres rir logo de manhã… 😀
    Não conhecia esta faceta do rapaz! Imperdoável…

  6. Mirone 04/07/2014 às 09:33 #

    Desde que a Uena Buena me “apresentou” os videos do Gustavo a minha vida mudou! 😀

  7. Pés no Sofá 04/07/2014 às 09:39 #

    brilhante análise. subscrevo na íntegra. apenas uma chamada de atenção: nunca invocar o Mr. Miyagi em vão. O “wax on wax off” é o meu lema de vida.

  8. A Víbora 04/07/2014 às 09:59 #

    Grande video! Cheira-me que eles foi às bananas ao LIDL por volta de segunda feira!

  9. Do not fear Pirex is here! 04/07/2014 às 10:43 #

    Não percebes nada, então não se está mesmo a ver que é demonstração de karaté? : ))))
    O home é mestre em kata e aprendeu com este, ora vê:

  10. Jaquim Cum Camandro 04/07/2014 às 13:59 #

    Palavras para quê? É só mais um “Bate-Punhos” português… A grande diferença é que o outro ao menos ainda batia uns punhos para ter alguma satisfação, este querido pinta muito mas nunca o vemos a pegar em nenhum rolo nem em nenhuma trincha… O triste disto tudo é que é malta como esta que se vai safando à grande na sociedade, são os verdadeiros vendedores de banha da cobra.

    • Paulo Capelo 04/07/2014 às 14:42 #

      Agora é que disseste tudo! São estes é que se safam… 😦

  11. Filipa 04/07/2014 às 19:20 #

    Estive o tempo todo a rir por causa da demonstração “gesticulante” , mas tomei atenção ao que ele estava a dizer e ao contrário pelos vistos do Factos e de todos os outros, tirando a parte das almas gémeas a que prefiro chamar empatia, o resto concordei com tudo, se o rapaz estivesse sério e quieto, num programa dos ainda mais sérios e com gente sisuda e de seriedade correspondente, iam provavelmente ouvir com toda uma outra atenção e reparar que afinal, até faz muito sentido o que ele disse e não acho nada que seja banha da cobra, para mais, banha da cobra cada um leva a que melhor se coaduna consigo, porque as há para todos os gostos e algumas bem disfarçadas e essas sim, bem mais perigosas.

    • Factos de Treino 06/07/2014 às 00:47 #

      Vejo-me forçado a concordar ligeiramente com alguns momentos desta argumentação. Raisparta!!!!

  12. Miss Lu 04/07/2014 às 20:05 #

    De certeza que o rapaz não está a representar? 😮 O comum dos mortais não fala e esbraceja daquela forma, a não ser que esteja a actuar, pois não? É certo que os latinos gesticulam por tudo e por nada, mas não me parece que sejam assim tããão teatrais. O gajo está no gozo, só pode! 😛

  13. Jorge Dâmaso 05/07/2014 às 04:23 #

    Pois é, volta e meia aparecem gajos destes.. Gajos que não fazem nada de importante na vida e que se escondem atrás de um blog para falar mal dos outros, que, consensualmente ou não, efectivamente FAZEM alguma coisa.
    Ó Senhor “Factos de Treino”, no dia em que tiver algum livro escrito (um, basta um! Sim porque este Senhor Gustavo Santos tem seis!), sobre alguma temática (sim, qualquer coisa, nem que seja sobre as ditas bananas do Lidl ou sobre os canteiros da Mouraria), então sim, sinta-se na moral para falar sobre alguém que faz alguma coisa. Sim, porque pela sua comichão, o senhor deve ser daqueles tais que esperam!

    • Factos de Treino 06/07/2014 às 00:54 #

      Úúúúúúhhh…. 🙂 há muito tempo que não sofria um ataque como deve ser. Obrigado Jorge!!! Não me canso de dizer que enquanto não arranjar uns “haters” como deve ser, isto não vai a lado nenhum.

      AGOOORA… Essa defesa dos livros escritos é do mais bacoco que há. Hoje em dia para escrever um livro basta… escrever um livro. Simples. Acredita que até a mim já me convidaram para isso!??? Incrível não é!??

      O Gustavo tem o mérito de ter escrito os livros, independentemente da tretas que lá estiverem. Não esperou (lá está) e fez-se à vida. Provavelmente até se safa muito bem. Mas nada disso apaga o quão ridículo é este vídeo e esta aposta no personagem “You got to kiss the cock”.

      Convenhamos… esta parvo demais, nao está!??
      Vááá, admitamos!!!

  14. Jaquim Cum Camandro 05/07/2014 às 09:43 #

    Em terra de cegos quem escreve livros é rei, prefiro de longe o vídeo pois não é todos os dias que vemos boas demonstrações da nova variante da mariposa.

    • Filipa 05/07/2014 às 19:27 #

      Por mim, você está perdoado, fartei-me de rir com essa da mariposa. Mas não consigo dizer mal do Gustavo, faz pela vida e é daquelas pessoas incapazes de fazer mal a uma mosca, como tanta gente diz, “é do bem”.

      • Factos de Treino 06/07/2014 às 00:55 #

        Filipa, isso não está em questão… 😉

        • Filipa 06/07/2014 às 01:07 #

          Eu sei, não consegui foi deixar de dizer e o que eu me ri com o video compensa tudo, quando estiver chateada com qualquer coisa, venho cá ver este video e pronto, passa-me logo.

    • Factos de Treino 06/07/2014 às 00:54 #

      Mariposa. Já ganhou.

    • Barcelence 28/07/2014 às 16:38 #

      Ò Joaquim, por Deus, eu estava a comer enquanto lia os comentários e e o seu ia-me matando: engasguei-me a rir. Ah ah, fenomenal!

  15. Margas 05/07/2014 às 20:35 #

    Opa Opa…mas só eu é que ainda não conhecia isto? Eu penso que este é daqueles casos que é tão mau tão mau que é bom!

  16. Dinada 05/07/2014 às 22:25 #

    Eu, aqui muito encolhida, gostava muito de saber donde se deduz que o senhor que ali aparece é “do bem”. E já agora, como é que isso se infere. E, se não fôr uma grande maçada, que créditos tem tal personagem na área do “life coach”. Last but not least, o que raio é isso (assim, trocadinho por miúdos, quem é que tem as instruções do “livro da vida”, que passa a haver um roubo em progresso já, já)!

    • Filipa 06/07/2014 às 00:33 #

      Muito simples, pense que os verbos que se coadunam não são o deduzir nem o inferir.
      Também não faço a mínima do que é isso do “life coach”, mas o meu primeiro pensamento, foi, olha boa ideia! 🙂 e como o que ele diz não prejudica ninguém e acho até que já todos devíamos saber aquilo, não vem nenhum mal ao mundo.
      E não precisa de se encolher, aceito as ideias das outras pessoas, concordem ou não comigo, não me levo demasiado a sério e muito menos, quando estou a comentar num blog, onde o que acho mais giro é mesmo a troca de ideias, está a ver, diga lá se eu não podia ser uma boa “life coach”. 🙂

  17. Simplesmenta Ana 07/07/2014 às 10:38 #

    Não lhe conhecia esta faceta.

    Aquilo era uma tentativa de linguagem gestual…? Que raio?

  18. LB 08/07/2014 às 10:19 #

    genial ! o mundo que tu nos dás a conhecer…!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: