Se algum dia me filiar num partido, será no dele. Senhoras e senhores, deixo-vos com o Candidato Ninja.

9 Mar

Ouçam as sábias palavras deste homem. Foi com desgosto que não consegui jantar com ele e com mais desgosto ainda não pude filmar cada palavrinha com que presenteou quem estava por perto. Estamos a falar de um senhor que assumiu ter treinado uma rede de ninjas que praticam terrorismo a nível internacional. Uma rede de homens treinados para matar e que estão em todo o lado para o proteger. Mesmo quando ele não faz ideia quem são, como se pode comprovar ontem no Teatro do Bairro.

Os Monstros do Ano 2014 foram um sucesso.
E só por este desafio lançado à população, já teria valido a pena…

Venham com espadas, venham com paus!!!

 

E aqui, um toque personalizado só para a Família Factosdetreinista.

8 Respostas to “Se algum dia me filiar num partido, será no dele. Senhoras e senhores, deixo-vos com o Candidato Ninja.”

  1. Anónimo 09/03/2014 às 23:53 #

    Ca bubadeirão-filha-da-p…

  2. Rosa Cueca 10/03/2014 às 09:03 #

    Como ele disse, e bem, a malta só foi lá para o ver!

    • Factos de Treino 10/03/2014 às 09:56 #

      Grandes homens, proferem grandes verdades.
      O casal Rosa Cueca gostou da noite!? Vi-vos lá e só lamentei não ter reservado uma mesa para os ilutres factosdetreinistas “in tha house”

      • Rosa Cueca 10/03/2014 às 10:25 #

        Coisa feia, veres lá as pessoas e não dizeres olá.
        😉
        Nós gostámos, o começo da noite foi tão bom, que só chegámos a casa às 7h00.

        • Factos de Treino 10/03/2014 às 11:54 #

          Ainda bem que gostaram! Nada como saber que a clientela foi bem servida.

          Ainda pensei em dar-vos um “olá” mas lembrei-me que, por esta altura, já devem calcular que sou gordo e feio. Não fazia sentido ficarem a saber que, além disso, cheiro mal.

          Mas no vosso caso, coincidência das coincidências, eu estava a chegar à esquina do Teatro quando um casal aparece da esquina oposta e diz: “deve ser aqui, está imensa gente para entrar” (ou algo deste género). Subimos a rua juntos sempre comigo a pensar que conhecia o raio da miúda de algum lado. Passado um bocado fez-se luz e foi por isso que escrevei um post no FB do pardieiro a avisar que os “premiados” podiam entrar directamente sem ficar na fila…

          E pronto, foi esta a nossa história.

          • Rosa Cueca 10/03/2014 às 14:12 #

            Sim, obrigadinha por me deixares 10 minutos na fila a maldizer a minha sina ao pensar que aquilo nunca mais andava para a frente, ajudou à formação do meu carácter.

            Para a próxima diz olá, eu além de míope também não consigo cheirar lá muito bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: