Dois segundos de terror, provocados por um cérebro doente…

18 Fev

No final da semana passada, estive num team-building. E toda a gente sabe como são estes eventos… 20% de conversa séria e 80% de copos e galhofa. Como este não foi diferente, o primeiro dia de “trabalhos” terminou por volta das 05h30, já com o corpo cansado e o fígado maltratado.

Regressei ao quarto que estava a dividir com um colega e caí morto na cama, já em sofrimento por saber que não dormiria mais que um par de horas. Até aqui tudo normal. O que não foi assim tão normal foi o despertar.

Ainda com o cérebro meio anestesiado e com o corpo a queixar-se da falta de descanso, a muito custo, lá consegui abrir os olhos. E qual foi a primeira coisa que vi!?? Um homem nú, de costas, a vestir umas cuecas no meio do meu quarto. Isso mesmo… ainda sem perceber muito bem onde estava, acordo num quarto de hotel com um peludo nu à minha frente.

Um cérebro normal teria enviado uma mensagem apaziguadora ao resto do corpo, algo que dissesse apenas: “A tripulação deverá manter a calma. Estamos apenas a dividir quarto com um colega de trabalho que acordou mais cedo e já se está a vestir“.

Mas o meu cérebro não. O meu cérebro, pressentindo que o resto da tripulação iria demorar alguns segundos a perceber onde estava, aproveitou para se divertir e lançar o caos na nave-mãe. Após o impacto visual do peludo, limitou-se a enviar um alerta:

AI MINHA NOSSA SENHORA!!! O que é que tu foste fazer à tua vida!? Pooorra Factos!!! Vês no que dá a merda dos copos!?? E agora!??

O meu coração disparou a uma velocidade que poderia causar a morte e fui invadido por suores frios. Percebendo que a brincadeira poderia acabar mal, o meu cérebro doente aligeirou as coisas:

Váááá… tem calma. Pode ser que esteja a preparar-se para começar. Levanta-te de repente, encosta-te a uma parede e diz-lhe para levar tudo o que quiser mas para não te fazer mal. Pode ser que te safes.

Neste momento, felizmente, o meu colega disparou um “Acorda ó boi! Não chegues atrasado!” e eu despertei. Afinal estava tudo bem…

gordo cuecas

Advertisements

31 Respostas to “Dois segundos de terror, provocados por um cérebro doente…”

  1. Caco 18/02/2014 às 13:25 #

    Mas agora és um blogue importante? Qué este raio deste vídeo da Vodafone que aparece aqui no rodapé, como quem não quer a coisa?!?

    • Factos de Treino 18/02/2014 às 14:53 #

      Não faço ideia… a mim não me aparece nada. Mas uma coisa é certa, vou já pra porta da Vodafone ali no Parque das Nações para me pagarem o que devem. Chulos!

  2. Anónimo 18/02/2014 às 13:40 #

    Bem-vindo às manhãs femininas.

    • Factos de Treino 18/02/2014 às 14:54 #

      Sugiro uma escolha mais acertada do parceiro. Eu, por exemplo, com um corpo esculpido em bronze, nunca provoco despertares traumáticos…

      • Anónimo 18/02/2014 às 14:58 #

        Todos tivessem a mesma consideração. Cuidado, no entanto, para não trilhar quem desperta consigo. Se um cotovelo de carne já aleija, um de bronze…

        Mulher Mesmo de Sonho
        http://mulhermesmodesonho.blogspot.pt

        • Factos de Treino 18/02/2014 às 15:17 #

          Tenho sempre o máximo cuidado com as minhas partes de bronze… Está tudo bem.

  3. Maria Santos 18/02/2014 às 13:40 #

    oh meu Deus… tu matas-me a rir!!!! 😀

  4. Mirone 18/02/2014 às 15:46 #

    Ui… aquele olhar hipnotiza qualquer um. Que poder de sedução. É de deixar qualquer pessoa, homem ou mulher, e de certeza muitos animais – ovelhas, galinhas, porcos vietnamitas – a trepar pelas paredes. Tiveste medo de quê?

    • Factos de Treino 18/02/2014 às 16:02 #

      De trepar as paredes.

      • Mirone 18/02/2014 às 16:18 #

        Opah, agora estou a imaginar-te a trepar pelas paredes, tipo osga. Como é que eu tiro esta sugestão libidinosa da minha cabeça? Como?
        Mas porque é que eu venho à bloga durante o horário de trabalho? Porquê?

  5. Rusty Ryan 18/02/2014 às 22:37 #

    Devias estar bonito, devias!
    Fdx, só de pensar na imagem que descreves… Nem o 12 Years a Slave chega aos calacanhares.

  6. Débora 18/02/2014 às 22:56 #

    Factos de treino – Porque nem tudo é o que parece! 😉

  7. Joaninha 19/02/2014 às 12:37 #

    Neste momento,a rir, muito……e poderá demorar algum tempo a passar.

    Haja alegria (e cérebros doentes) 🙂

    • Factos de Treino 19/02/2014 às 12:50 #

      Tem sempre mais piada quando estamos distantes do peludo nu…

      • joaninha 19/02/2014 às 13:07 #

        Acredito, mas pelo menos não houve violência fisica.

  8. Margas 19/02/2014 às 13:11 #

    Se a visão era igual a essa da foto, era coisa para preocupar qualquer pessoa de ambos os sexos. Mas o que eu já me ri com este texto é impagável!

    • Factos de Treino 19/02/2014 às 13:16 #

      Lá está… a distância de um rabo peludo, torna as coisas sempre mais interessantes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: