Post à toa…

13 Nov

O texto que se segue será “posto à toa”.
Não tenho rigorosamente nada de interessante para dizer mas apetece-me falar (erro clássico). Consideremos as linhas que se seguem como uma experiência de escrita sem rede. Começo a teclar e logo se vê o que sai.

Pois é… E o vento que está hoje!? Já começa a estar frio a sério.

Se calhar isto é tão parvo como me pareceu antes de começar. Mais vale não vos roubar mais tempo e ir picar uns blogs antes de almoço.

Ah, já sei! Vou confessar-vos que sou um zero à esquerda nisto dos blogs. Tenho a sensação que as pessoas que criam um blog, fazem-no porque costumam ler outros e um dia apetece-lhes fazer o seu. Escolhem um tema que gostam e começam a partilhar com o mundo. Eu não fui assim.

Quase todos os blogs que conheço, descobri depois de criar o meu. Não lia nada. Sabia daqueles famosos tipo Pipoca, por arrasto lá descobri o do marido dela e tinha ouvido dizer que aquele do Cócó na Fralda tinha muito sucesso.  O dos Fedorentos só descobri por causa do programa de televisão. Mais nada. Mentira! Também conhecia o do Desassossego porque a minha irmã lia aquilo e porque conheço a escriba desse estaminé. Como vêem, era uma nulidade (não estou seguro que não continue a ser).

Tudo o resto descobri depois de um dia ter pensado que a minha estupidez deveria ser partilhada com o mundo para que um dia pudesse ser estudada e, à semelhança do holocausto, para que as gerações vindouras pudessem evitar calamidades semelhantes.

Passo a passo, lá fui descobrindo isto dos blogs. As vedetas da blogosfera, as amizades óbvias que existem entre uns e outros. Aqueles que me parece que se conhecem, os que fazem eventos conjuntos e as inimizades entre este e aquele.

Descobri malta com piada, malta que escreve nas horas e, acima de tudo, malta que não adiciona rigorosamente nada ao meu dia. Tenho que ser sincero. A maioria dos blogs fala sobre merdas que não me fazem rir, não me distraem e não me interessam rigorosamente nada. Daí ficar tão contente quando descubro algum que tenha algo que me agrade.

Ao fim deste tempo todo, continuo a não perceber nada de blogs. Escrevo a estupidez a que vos habituei e a minha alegria é perceber que vamos sendo cada vez mais. Mas até nisso sou nabo. Parece que há truques para aumentar as visitas, para chegar a mais pessoas, etc… pela parte que me toca, já fico contente por ter conseguido encontrar um template manhoso onde debitar estupidez (mas estou aberto aos vosso sábios conhecimentos blogosféricos). No outro dia soube das visitas que alguns blogs têm e percebi o ridículo que sou (e não estou a falar daqueles muito famosos).

Eu já suspeitava que devia haver um motivo para nenhuma marca me ter oferecido férias pagas, carros de luxo ou um simples pote de Tulicreme (ou lá o que é aquilo que agora traz os nomes das pessoas na lata).

E agora vou parar de inventar merdas para dizer, porque já me estão a chamar para almoçar. Vou ao Monumental. Se quiserem apareçam e almoçamos juntos.

PS: Esta experiência comprova uma vez mais  que, realmente, quando não se tem nada de jeito para dizer, mais vale estar calado. Sigam lá as vossas vidas e, se leram isto até ao fim, pensem no quão enfadonhas elas devem estar a ser.

38 Respostas to “Post à toa…”

  1. PM 13/11/2013 às 14:22 #

    Epah, ainda bem que saltei logo para a parte do PS (Not!)… Não leio postas à toa à toa. Ou simplificando, não leio postas 2(à toa).

  2. Vera, a Loira 13/11/2013 às 14:43 #

    Vou ter que cortar os pulsos…

  3. ana 13/11/2013 às 15:32 #

    Acho a comparacao com o holocausto de muito mau gosto ou entao de muita ignorancia…de resto gosto muito deste blog

    • Factos de Treino 13/11/2013 às 15:45 #

      Agora fiquei aqui dividido entre o mau-gosto e a ignorância. Um bocado como naqueles programas em que o público grita “AS CHABES!! AS CHABES!! O DINHEEEIRO!!” e nunca sabemos o que escolher.

      Então Ana!? Vamos mesmo entrar por aí!?

      • ana 13/11/2013 às 20:29 #

        Eu explico:muito mau gosto se sabe o que foi o Holocausto e fala assim dele ,fazendo esta comparacao,ou muita ignorancia:se soubesse o que o Holocausto foi nao teria feito esta comparacao!Percebido?Se nao,tento explicar melhor(nao sou boa nessas coisas)

        • Factos de Treino 14/11/2013 às 10:30 #

          Ana, a explicar és muito boa. Percebi perfeitamente! No que diz respeito ao humor é que a coisa é mais limitada. Mas não é defeito. Os limites variam de pessoa para pessoa, não obrigatoriamente nos temas com os quais se pode brincar mas sim no “conteúdo e na forma com a mesma é apresentada”.

          Aqui, ficámos a saber qual o limite. Não prometo que não volte a cair no mesmo.

          Fica por aí para comprovar 😉

  4. Mak 13/11/2013 às 15:42 #

    O Monumental é vasto, algum posto de preferência, do género “artistas das hamburgas”, “o meu pai é o Michel”, “dá-me massas com cenas modernas” ou “estamos no canto, mas isto é sushi”?

    O resto é mato.

    • Factos de Treino 13/11/2013 às 15:47 #

      Eu sou adepto do “all-you-can-pay” lá do canto. Encher o prato à campeão e esperar pela machadada da balança.

      • Mak 13/11/2013 às 16:07 #

        Ah, o belo Riverside – eu cá tinha medo de lá ir quando estava lá o chefe brazuca. O tipo era tão simpático que tinha vergonha de não experimentar metade do que o gajo sugeria e depois, quando ia à balança, toma lá que já almoçaste (esta última parte era eu a falar com a minha carteira).

  5. Malvares 13/11/2013 às 16:43 #

    olha, sei menos de blogs do que tu e não sigo mais nenhum.. Este chega-me de parvoíce para ir levando os dias

    • Factos de Treino 13/11/2013 às 16:57 #

      Fiquei com um misto de orgulho e pena.
      Mas sabes que mais!? Estás muito bem entregue. A partir daqui é sempre a subir 🙂

  6. Malvares 13/11/2013 às 16:47 #

    Ei, sry mak… tb mandas umas (PIADAS) mt boas

  7. Caco 13/11/2013 às 16:55 #

    Fui ao Monumental e não vi ninguém com uns óculos iguais aos teus…

    • Factos de Treino 13/11/2013 às 16:58 #

      Raisparta Caco!!!! Tens que prestar mais atenção! E sim… mantive-me fiel ao Riverside.

      • Caco 14/11/2013 às 10:49 #

        Às 13h40, lá estarei. Levo uma placa com uma folha A4, que vou pedir para colocarem em cima da caixa registadora, com a frase “Onde está o Factos?”.

        • Factos de Treino 14/11/2013 às 11:44 #

          Também lá estarei. Esse papel seria priceless! 🙂

          • Caco 14/11/2013 às 14:45 #

            Caro Factos,

            Mil perdões. Podia dizer que o papel acabou, que a impressora ficou sem toner ou que surgiu uma crise com um cliente, mas Miss Caco não mente. A verdade é que não resisti à pressão. Apesar de – se fores finório, como pareces – já conheceres a minha identidade, até ver, continuarei a ver-te com um rapaz ruivo, borbulhento, de óculos “garrafais” e sentido de humor psicadélico.

            Miss Caco (a sentir-se envergonhada).

            • Factos de Treino 14/11/2013 às 16:25 #

              No meu caso acertaste em cheio mas… por mais finório que seja, como poderia saber a tua identidade? É a Gisele do header!? A miúda do vestidinho branco?

              Elááááá!!!! 🙂

              Mas sim… fiquei triste por não ter um papel à espera.

  8. Laissez-Faire 13/11/2013 às 17:18 #

    eu li até ao fim :X ahah

  9. Mirone 13/11/2013 às 17:59 #

    Eu li tudo e ainda me dei ao trabalho de ler os comentários. Só para veres o quão triste é a minha vida. Disso dos blogs, gosto dos que gosto (uns porque me fazem rir, outros porque me fazem pensar, outros só porque sim). Gosto do teu pelas três razões. Por isso fiz questão que fosse dos primeiros a surgir na lista do lado do meu (com direito a post especial e tudo).

    • Factos de Treino 14/11/2013 às 10:26 #

      Enquanto não sou convidado para ir visitar colégios onde crianças deliram com a minha presença, este é capaz de ser o momento mais tocante da minha blogocarreira. 🙂

  10. Paulo Capelo 13/11/2013 às 18:38 #

    Mas há mais blogs? O que é um blog?

  11. Cris 14/11/2013 às 10:56 #

    É Nutela Factos… Nutela! Como é que confundes Tulicreme com Nutela??
    Pronto, de resto o post tá fixe. Identifico-me com algumas coisas que lá escreves. Também eu tenho um blog desde 2006 e tenho apenas 3 leitores fieis que me visitam e um deles é anão, pelo que não sei se serão afinal 3 ou dois e meio.
    Ah… e acho que estes três que lá vão, vão lá ao engano, mas isso já é outra conversa.

    (só uma última nota singela para te dizer que tudo o que escreves, mesmo sem teres assunto, quando é só para desabafar, eu adoro!)

    • Factos de Treino 14/11/2013 às 11:50 #

      Nutela, é isso… não sei quem se julgam para não ter enviado um pote daquilo para este humilde gordo.

      (se gostas assim tanto do que escrevo, devias procurar ajuda médica. Eu vou fazer o mesmo para ver se paro com isto 🙂 )

  12. eugenia 14/11/2013 às 15:07 #

    Factos, eles não dão o pote, dão só o autocolante e já gozas (e depois é ver os putos a pedir aos pais para comprarem aquela coisa para colar o autocolante)… depois podes colá-lo onde quiseres.E como tens provas dadas de que imaginação não te falta, ficamos a aguardar notícias sobre locais possíveis… (esta conversa parece ligeiramente estranha, mas nada disso, é apenas para não sair do tom do blogue, que adoro, como sabes).
    PS: Também não percebi aquela do Takalon, será que podemos ser elucidados?… Diacho, agora vou ficar a pensar nisso toda a tarde (ou não). Ó vida ocupada a minha! 😀

  13. eugenia 14/11/2013 às 15:08 #

    *Tokalon

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: